REDAÇÃO CIENTÍFICA, cursos | livros de metodologia científica

Redação científica: pontuação

A pontuação incorreta torna o texto ambíguo, impreciso, extenso e difuso. Seu uso correto permite reduzir orações longas e contribui para a clareza e concisão. Segue a pontuação usada com mais frequência na redação científica.

Ponto

Usa-se o ponto para encerrar uma ideia.

Vírgula

O Prof. Adriano da Gama Cury ensina que a "vírgula assinala uma pausa ligeira, como o tom de voz em suspenso, ou nitidamente ascendente, a indicar a incompletação do que se anuncia: nossa mente está sempre esperando alguma coisa mais além dela".
A vírgula é usada na separação de termos não ligados pela conjunção, mesma função sintática, de aposto e para isolar vocativo, entre outros usos.

Dois pontos

Os dois pontos são usados para: a) esclarecer ou anunciar citação direta ou indireta (paráfrase); b) enumerar fatos, objetos, coisas, pessoas etc.; c) anunciar menção, exposição ou explicação.

Aspas duplas

As aspas duplas indicam a transcrição literal de trecho bibliográfico e realçam expressões, vocábulos e nomes.

Aspas simples

São utilizadas apenas dentro de aspas duplas e também para particularizar sentido figurado.

Parênteses ou parêntesis

Os parênteses servem para isolar palavras ou expressões, mas podem interferir no ritmo da frase.

No capítulo 16 do Manual de técnicas de redação científica há outras dicas de como usar os sinais de pontuação.